quinta-feira, abril 26, 2007

Para Marcela





Queria saber dizer do meu amor
Hoje mais do que em muitos dias.

Lembro que quando chegaste,
Aquela noite de abril era só alegria
- Qual manhã de primavera -
E minha Lua nascia.

Qualquer esforço em buscar palavras
Não atenderá ao meu desejo (que não finda)
De expressar esse sentimento:
Amor por uma Lua tão linda.

Imenso. Intenso

Como uma alada fantasia de sons
Marcela é forte: retine como bronze,
Luz súbita que nos captura em vários tons
E, no entanto é açucena suave de manso olhar.


Quero, como antes, servir-te amor em ramalhetes,
Presentear-te com notas musicais
E com elas, cantarás a cantiga do infinito.
Clássicos, rock, reggae, pop, rimas, versos, o soneto mais bonito.

Farás música de canto de pássaros,
De céus e flor
De córregos e rios,
De amor eterno e dores de amor.

Serás barco que leva o rio
Condutora do próprio destino.
Eis Marcela — sonho sonhado junto,
Estrela emprestada do céu na terra luzindo.

Preciso da voz do Poeta para dizer que
“A luz que vem de Marcela
É a luz que nasce e canta
Serena no peito dela...

A luz tão luz de Marcela
— luz que é sombra da luz dela—
Nasce nela, vive dela.”


Guardadora fiel de segredos quase encantados
Espírito antigo arco-iriscando nossa vida
Leal companheira
De plantas, pesca, compras, bichos de espécie sortida.

Tão muito,
Tão tudo,
Tão bela,
Tão esplendidamente nobre,

Assim é o meu bebê, Marcela.

Feliz aniversário, Lua
E com estes escritos, mais uma vez, há 17 anos dou-te o meu amor.




Sílvia Câmara

13 comentários:

Aline disse...

Ei, Silvinha, que Marcela mais parece tua irmã! Lindas as duas, com um sorriso que ilumina tudo em volta!
O poema está lindo e as fotos maravilhosas!
Parabéns pra ti e pra Marcela!

Beijos!

Maria Muadié disse...

Silvia, lendo sua poesia eu também fiquei alegre, feliz com tanto amor. Marcela é linda! Um beijo bem grande pra vocês duas.
Martha

Marcela disse...

mãe não tenho palavras também pra expressar meus sentimentos. o quanto eu te amo e o quanto você é importante em minha vida! obrigada por sempre estar ao meu lado, por me ajudar nos momentos mais difíceis, por todo carinho e felicidade que só você me traz! agradeço a Deus por ter uma mãe como você!
TE AMO hoje,
sempre, eternamente!
de sua lua

marta suzi disse...

Companheira,
sem palavras, cheiae pelos arrepiados e olhos marejados. É assim que estou após ler tão linda expressão do amor.
Feliz estou eu por você, por minha querida e preferida sobrinha Marcela - que soma tantas histórias às minhas...
Amo vocês com saudade, com paixão, com admiração.
Da amiga, irmã, tia Suzi

MARIAESCREVINHADORA disse...

Ternos versos para a sua Lua, Sílvia.
Lindos!
Parabéns para Marcela, que merece tanto amor e deve ser muito feliz por ser tua filha.
Duas estrelas!
Beijo,

Conceição.

Verônica Aroucha disse...

Silvinha, parabéns pela linda poesia; pela Lua...Pelas estrelas dos doces olhares, onde em pares, fazem do universo a perfeição.
Deus ilumine e proteja sempre, Marcela, você e família.
Abraço de união e festa,
Verônica

Rossana disse...

Mas com TODA razão. Manda um super beijo para essa PEDRA rara que já nasceu lapidada. Parabéns e SUCESSO sempre.
Carinho do fundo do coração.
Tia Rossana.

Clovis Campelo disse...

Sílvia, você é uma mulher coberta de razão.
Parabéns para Marcela!
Abraços
Clóvis Campêlo

Cesar disse...

Silvinha, me emocionei com a maneira perfeita, completa e intensa de como voce percebe e descreve a nossa Lua. As vezes me vejo nela de uma forma muito aparente, pela musicalidade, pela emoção, determinação e força, nos parecemos até no andar, e uma das minhas grandes alegrias é vê-la no palco, pura empatia.
Agradeço a Deus por tê-la.

Tânia França disse...

E eu, choro por minha Lua (Ingrid!), tão distante, do outro lado do oceano... E, ao mesmo tempo, rio feliz por Marcela que tem Silvia, e por nós do PI, que a temos também! Belas palavras, minha amiga, para descrever tão bem uma filha. Não tivesse a foto, eu saberia exatamente a intensidade do brilho de Marcela!
Beijos!

Cláudia Cordeiro disse...

SILVINHA, QUERIDA,
eu vi o BELÍSSIMO poema dedicado à sua filha.
ISSO É AMOR.
AME SEMPRE MAIS.
quem ama não envelhece, não estorcega invejas do novo e do belo. antes se embevece da beleza e a bebe.
e se mutiplica
se espraiando no infinito.
DEUS A ABENÇOE E A SUA FILHA
cláudia

LIRIS LETIERES disse...

Coisa linda amor de Mãe...
Agora faz favor de contribuir com mais uma caixinha de lenços de papel, que hoje eu tô que é uma tromba d'água.

Marcela, parabéns!
Por teu dia e pela Mãe que tens!

Bjs alagados
Liris

Zuila disse...

Silvinha, cada poesia sua, me deixa alegre e triste ao mesmo tempo, termino de ler sem ver direito ,pois as lagrimas caem de tanta emoção, não é brincadeira são mesmo lágrimas de amor ,saudade, e alegria, por palavras tão lindas como é mesmo a Marcela,ela é o proprio canto. Companheira fiel de voces os pais. MARCELA TE AMO MUITO MINHA LINDA, mantenha sempre esta luz ao nosso redor. Beijos da velha ZUILA