segunda-feira, abril 09, 2007

Sêo Câmara

Francisco Nobre Câmara é o 1º , de olhos puxados. Esta foto foi tirada na véspera de embarcarem para a Itália, em 1943/44. O outro, é seu amigo Cícero, fiel companheiro de muitas estrepolias de caserna.

Nasceu em Pedra Branca, num lugarzinho lá no interior do Ceará, primogênito de José Casemiro e Lúcia Nobre Câmara. Descendentes de portugueses e índios-caboclos. Aos seis anos tornou-se órfão de pai.

Por conta do novo matrimônio da mãe com o tio, determinou, naquela pouca idade, morar com o padrinho. Daí para aprender todos os ofícios foi um pulo. Inteligência privilegiada, memória fantástica e bom-humor invejável. Resolveu ir voluntariamente "defender o Brasil" na 2ª Guerra Mundial. Foi e voltou, a prova somos nós - os 5 filhos.

Adorava casa cheia e mesa farta. Amanhecer os domingos com música e ele cozinhando as famosas "coxinhas especiais de galinha", levando em nossas camas uma vitamina de frutas que continha mais de um milhão de nutrientes, para engordar as crias.

Contar causos era sua especialidade. A outra era fazer amizades. Não podia ver uma mulher bonita, mas jurava ser fiel: Deus sabe!

Medo não existia no seu dicionário. Solução, sim. Adorava nos dar livros de presente. Homem de-sete-instrumentos, até hoje utilizamos os ensinamentos dele em jardinagem, construção, amizades, culinária, eletricidade, gentileza, etc, mas o que a gente precisa mesmo colocar em prática é essa maneira que ele tinha de " BRINCAR DE VIVER".

Parabéns Sêo Câmara! Hoje são 83 anos. Aos 74 deu tchau pra gente e foi brincar no andar de cima.
Valeu, Pai!! Um beijo da sua Pindoba

13 comentários:

Maria Muadié disse...

Sêo Câmara é lindo.

CASEMIRO CAMARA disse...

Pindoba linda:

Muito sweet esta homenagem. Your brought sweet tears to my eyes!! O "capital brilhantina" sempre sera o meu HERO pois ele me treinou para que eu sempre fosse "superior ao tempo"
Me alertou de cedo que eu vivesse a minha vida da minha propria maneira "pois so assim vc encontrara a felicidade meu filho" Mil beijos e um abraco bem apertado do seu baby brother Babinha que vc tanto protected!

RAINHA MAB disse...

Venha quando quiser! Seu diário é lindo! Acho que conheço Tânia França, por acaso ela foi professora no Instituto de Música da Católica?

Clovis Campelo disse...

Parabéns pelo aniversário do papi, Sílvia.
Sêo Câmara é mais um brasileiro com ricas histórias pra contar.
É assim que se contrói um país, uma nação, com as histórias vivas dos seus cidadãos.
Abraços
Clóvis Campêlo

Lúcia Câmara disse...

Beaultifulllll!!!!
Love,
Lucia Camara

Marcos Martinez disse...

Silvinha,

Meu amigo era bonitão !!!!!!!!!!!!!

lembrei dele de óculos na sauna falando, Marquim não tou enxergando nada.

Deu saudade, mas sei que ele continua feliz e melhor, alegrando a todos ao seu redor.

Beijão
Marcos Martinez

Ruy Câmara disse...

Silvinha:
Bem lembrado mesmo. E que lembrança boa, a do nosso velho, um sábio que faria hoje 83 anos.
Lembremo-nos dele, sempre com alegria, pois para ele não havia tempo ruim.
Beijo
Ruy Câmara

Sávio Câmara disse...

Tiaaaaaaaa que legal!!!!!
Bacana demais.
So vc mesmo pra fazer isso neh?

Bjao a todos!
Savio Camara

Larissa C. Martinez disse...

Lindo!!!
Essas historias ai eu ja ouvi diversas vezes, e penso que a lembrança constante de alguem especial como meu avô é que o mantem vivo em nossos corações todos os dias.

Parabens meu avô! Venha sempre me visitar nos meus sonhos...

Larissa disse...

"You said when you'd die that you'd walk with me every day
And I'd start to cry and say please don't talk that way
With the blink of an eye the Lord came and asked you to meet
You went to a better place but He stole you away from meAnd now she lives in heaven
But I know they let her out
To take care of meThere's a strange kind of light
Caressing me tonight
Pray silence my fear she is near
Bringing heaven down hereI miss your love I miss your touch
But I'm feeling you every day
And I can almost hear you say
'You've come a long way baby'And now you live in heaven
But I know they let you out
To take care of meThere's a strange kind of light
In my bedroom tonight
Pray silence my fear she is near
Bring your heaven down hereYou taught me kings and queens
While stroking my hair
In my darkest hour I know you are there
Kneeling down beside me
Whispering my prayerYes there's a strange kind of light
Caressing me tonight
Pray silence my fear
She is near
Bringing heaven down hereThe next time that we meet
I will bow at her feet
And say wasn't life sweet
Then we'll prepare
To take heaven down there."

Robbie Williams - Nan´s song

Verônica disse...

O que sonharia aqueles olhos repuxados?
O jardim ficou bonito e ele viu!
Parabéns e um abraço bem grande, Silvinha.
Verônica

Anônimo disse...

Minha linda, como é maravilhoso lembrar de momentos tão especiais como esse de seu saudoso paizinho, que certamente está contando, aos anjinhos no céu, o quanto ele se orgulha da filhota.
Beijos minha querida e felicidades sempre.
Nádya Haua

Anônimo disse...

Parabéns "Seu Câmara"!
Por você ter sido uma pessoa especial e inesquecível. Figura raríssima!
Ao ler essa homenagem recordei alguns momentos em que fui presenteada com a grandeza de sua presença de espírito. Acredito que seus amigos e principalmente sua família tiveram a oportunidade de banhar-se com sua energia. E a cada dia, um novo dia e mais ensinamentos... Seja na terra, no céu ou aonde for, sua presença sempre será fonte inesgotável de luz.
Parabéns minha amiga Silvinha, por nutrir-se dessa fonte e aflorar os mais sublimes sentimentos através de uma estrela que lá de cima te ilumina e te guia!
Do coração,
Adriana Liberato