terça-feira, maio 22, 2007

Sobre como descobrir um espião

"Looking for love" - Glauce Cerveira


Entre a roda e o chão
Há um tanto de vida
Que persegue a condução
E o sol vai alto.

Vai do amanhecer à noitinha.
E como dois desconhecidos
Percebo-te a me espreitar
Escondido no ônibus.

É como se encontrasse Deus
Mas não falo com estranhos
E tu voltas ao céu.



Sílvia Câmara


5 comentários:

Maria Muadié disse...

Que lindo, Sílvia.

MARIAESCREVINHADORA disse...

Que pena deixar o espião voltar para o céu, Sílvia.
Lindos versos, poeta.
Beijo,

Conceição.

Raiça Bomfim disse...

Ótimo esse poema! Otemo!

Nanda disse...

Oi Silvia! Obrigada pela visita e porque agora venho tomar desta brisa. Lindo poema!

Verônica Aroucha disse...

Lindo Silvinha...
O Anjo volta para céu mas sempre abraça a Terra.
Bjs e muitas alegrias, amiga.
Verônica