quinta-feira, janeiro 04, 2007

Lágrimas de dor


Fechei-lhe os olhos e apoderou-se-me da alma uma tristeza imensa, que se desfazia em torrentes de lágrimas. Mas, ao mesmo tempo, os meus olhos, sob o império violento da vontade, absorviam essa fonte até a secarem. Oh! Como foi angustiosa para mim a luta!

Santo Agostinho - Do Livro VIII - A Conversão

Um comentário:

Verônica Aroucha disse...

Ler Santo A gostinho é converter-se com ele e lavar a alma em torrentes de lagrimas.
Parabéns Silvinha, amiga.
Verônica