sexta-feira, agosto 10, 2007

Travessia


Se eu quiser,
farei qualquer coisa.
Mas não sei como arrumar minha alma
e deixá-la encostada,
esperando a hora de levantar vôo.
Pegar carona no vento norte
atravessar mares
e repousar em Atlântida.
Sílvia Câmara

4 comentários:

Anônimo disse...

Silvinha, me deu vontade de acompanhar também o vento, sem esperar a coragem só pra ver a Atlântida.
Adorei, amiga. Seu blog é doce, discreto e perfumado.
Beijos e abraço imenso.
Verônica

Maria Muadié disse...

Silvia, que imagem linda.

Gerlane disse...

Sílvia,

Para voar "é preciso ter força,é preciso ter raça,é preciso ter sonho sempre!"

Beijo,

Gerlane

Raiça Bomfim disse...

Vou repetir martha: imagem linda!!